noticias Seja bem vindo ao nosso site FUMACA SUL!

Câmara de Vereadores

Câmara de Morro da Fumaça promove Roda de Conversa sobre violência doméstica contra a Mulher com Agentes Comunitárias de Saúde

Agentes Comunitárias de Saúde receberam orientações da Polícia Militar de Morro da Fumaça sobre como agir na prevenção e identificação em casos de violência doméstica contra a Mulher

Publicada em 27/08/23 às 10:25h - 33 visualizações

FUMACA SUL


Compartilhe
Compartilhar a noticia Câmara de Morro da Fumaça promove Roda de Conversa sobre violência doméstica contra a Mulher com Agentes Comunitárias de Saúde  Compartilhar a noticia Câmara de Morro da Fumaça promove Roda de Conversa sobre violência doméstica contra a Mulher com Agentes Comunitárias de Saúde  Compartilhar a noticia Câmara de Morro da Fumaça promove Roda de Conversa sobre violência doméstica contra a Mulher com Agentes Comunitárias de Saúde

Link da Notícia:

Câmara de Morro da Fumaça promove Roda de Conversa sobre violência doméstica contra a Mulher com Agentes Comunitárias de Saúde
 (Foto: FUMACA SUL)

Na tarde de sexta-feira, dia 25, as Agentes Comunitárias de Saúde (ACS) de Morro da Fumaça participaram de uma Roda de Conversa sobre a Violência Doméstica contra a Mulher. A reunião, promovida pelo Poder Legislativo, em alusão à Campanha Agosto Lilás, contou com a presença do Sargento Emerson Miyamoto e da Cabo Maíra de Mello Martignago De Luca, coordenadora da Rede Catarina da Polícia Militar no município. O objetivo da reunião foi orientar as ACS’s sobre os tipos de violência , como agir preventivamente e na orientação às mulheres vítimas de violência doméstica.

A presidente do Legislativo, vereadora Silvana de Vasconcelos (MDB), disse que a ideia faz parte das ações promovidas pela Câmara Municipal na Campanha Agosto Lilás. “As agentes comunitárias de saúde estão na linha de frente quando a questão é saúde pública, elas conhecem as pessoas das comunidades e sabem dos problemas que cada família enfrenta. A principal função delas é ações de promoção da saúde e prevenção, por isso é importante a identificação das mulheres em vivência de violência e a ampliação desse cuidado, não apenas para a prevenção , mas para o vínculo e acolhimento eficaz e humano”, comentou.

O comandante da PM fumacense disse que a prevenção e identificação dos casos de violência doméstica contra a mulher logo no início é fundamental. "Essa aproximação da Polícia Militar com as Agentes de Saúde da cidade é de extrema importância, pois nos permite orientar os servidores públicos que frequentemente lidam com mulheres vítimas de violência doméstica. Dessa forma, elas estarão mais bem preparadas para atuar, tanto na prevenção quanto no auxílio às vítimas, garantindo o pleno exercício de seus direitos e sabendo como agir perante uma situação de violência”, disse.

A Polícia Militar de Santa Catarina é a força por trás da Rede Catarina, um programa institucional voltado para a prevenção da violência doméstica e familiar contra a mulher. Baseado na filosofia de polícia de proximidade, o programa busca garantir uma resposta eficaz e ágil na proteção das mulheres. A Rede Catarina se apoia em ações de proteção, no trabalho da Patrulha Maria da Penha e na utilização de soluções tecnológicas.

Questão de Saúde Pública

Considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um problema de saúde pública, a violência contra a mulher (VCM) é uma epidemia mundial. Ainda segundo a OMS, estima-se que as mulheres em vivência de violência doméstica, ao longo de suas vidas, apresentam mais problemas de saúde e buscam com mais frequência os serviços de saúde do que pessoas que não sofrem esses maus tratos.

As Agentes de Saúde de Morro da Fumaça também receberam o material impresso produzido pelo Poder Legislativo, com informações sobre os tipos de violência e os meios para denúncia. “Estamos tendo muito êxito em nossa campanha e recebendo diversos relatos de mulheres que já foram vítimas, mostrando o quanto é importante esse tipo de ação, o que mostra que o assunto precisa ser abordado todos os meses do ano pela municipalidade. Agradeço às agentes Comunitárias de saúde que também aderiram o nosso material informativo impresso para distribuir as pessoas das comunidades, ao trabalho prestado pela Rede Catarina de Proteção à Mulher em nossa cidade, através da Cabo Maíra, e também a Secretaria do Sistema de Saúde e do Desenvolvimento Social”, finalizou a presidente do Legislativo, vereadora Silvana de Vasconcelos.

Foto: Felipe Arcenio 



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (48) 99694 6499

Visitas: 438539
Usuários Online: 9
Copyright (c) 2024 - FUMACA SUL
Converse conosco pelo Whatsapp!